HOME       ARTIGOS       DICAS       ANÁLISES       DETONADOS       FÓRUM       PARCEIROS       QUIZ       KITO       CONTATO
 
OS GÊNIOS DOS VIDEOGAMES

VOLTAR

 

 Por: Anderson Rocha

 

Esses são alguns dos principais nomes na história do vídeo game pelo mundo. São os gênios que desenvolveram e revolucionaram a história dos jogos eletrônicos.

Ralph Baer

Os fanáticos por vídeo game com certeza tem que agradecer a Ralph Baer, o inventor do Odyssey, o primeiro vídeo game do mundo. Foi através desse vídeo-game que surgiu a idéia da diversão eletrônica através do uso da televisão em 1949.

Infelizmente a idéia só pode virar uma realidade mais tarde em 1966 quando o engenheiro trabalhava para Sanders, onde ele pôde desenvolver seu conceito. Em 1971 uma empresa chamada Magnavox comprou a idéia de Baer e colocou o Odyssey no mercado.

Ralph Baer tem hoje mais de 150 patentes registradas, ele é criador também do Coleco Telstar Árcade, Coleco Gemini e Coleco Kid Vid, periférico do Atari 2600. Ainda vivo, atualmente ele participa de eventos relacionados a vídeo game.

 

Hiroshi Yamauchi

Nintendo é provavelmente uma das maiores empresas relacionadas a vídeo-game da história, mas essa ralação não poderia ter acontecido sem Hiroshi Yamauchi, foi ele que iniciou essa relação tão vitoriosa.

A Nintendo é uma empresa japonesa fundada ainda no século XIX e pertence à família Yamauchi desde então, era fabricante de Hanafuda, (baralhos para um jogo japonês).

Em 1949 quando o ainda jovem de apenas 21 anos Hiroshi assumiu a presidência da empresa resolveu diversificar os negócios, e passou a produzir baralhos ocidentais para a Yakuza, nessa época a organização criminosa japonesa começava o envolvimento com jogos como Poker, que em suas regras exigem um novo baralho a cada partida. Isso deu a Nintendo um grande número de consumidores do seu novo produto. Junto a isso um acordo fechado com Disney permitia que se produzissem baralhos infantis com a imagem dos personagens da empresa como Donald, Pateta e Mickey.

Nessa época os negócios da empresa começavam a variar desde comercio de gêneros alimentícios, empresas de táxi a rede de hotéis. Todos investimentos não bem sucedidos, durante esse período a Nintendo passava a se chamar Nintendo Co. Ltd e o empresário voltava a fixar a suas ambições no ramo de entretenimento.

Impulsionado por Yamauchi, nesse período, o departamento de jogos da Nintendo se especializou em desenvolvimento de brinquedos inovadores que faziam grande sucesso no Japão. A invenção do vídeo game nos EUA parecia ser o destino certo para o futuro da Nintendo.

Assim, a Nintendo que havia juntado conhecimento no desenvolvimento de eletrônicos apostou nesse novo projeto. Yamauchi pediu a sua equipe de desenvolvimento que criasse um videogame versátil, poderoso e barato.

A idéia foi desenvolvida com sucesso, porém o preço ainda permanecia assima das expectativas da emprea. Yamauchi ligou pessoalmente para o dono da companhia que iria providenciar o processador do videogame, e prometeu que compraria três milhões de unidades nos próximos dois anos. Na época, ele foi considerado doido por tomar essa atitude. Só que no fim desses dois anos o Famicom (Family Computer, a versão japonesa do Nintendo 8 bits) que teve recorde de vendas e lançou a Nintendo de vez no mundo dos vídeo games.

 

Hideo Kojima

Nascido em 24 de agosto de 1963 em Tokyo, Hideo Kojima não precisa ser apresentado aos fãs da sua mais consagrada série, Metal Gear, nem a qualquer um que seja fã de vídeo games. Seu currículo extenso vai alem dos jogos que ficaram imortalizados no PS e PS2, Metal Gear - MSX, 1987, Snatcher - MSX, 1988, Solid Snake - MSX, 1990, Snatcher - PC-Engine, Policenauts - PC, 1994, Policenauts - 3DO, PlayStation, 1995, Policenauts - Sega Saturn, 1996.

No mundo todo ele ficou conhecido como o homem por trás da impressionante franquia Metal Gear Solid, porém no Japão Kojima escreveu roteiros para filmes, e sonha em dirigir um filme hollywoodiano.

 

Hironobu Sakaguchi

O homem que já foi chamado de o deus digital, que já prometeu recriar o ser humano digitalmente, e que é dono da série que mais vendeu jogos de vídeo-game no mundo. A aclamada franquia Final Fantasy (26 milhões de cópias até 2005). Hironobu Sakaguchi é o herói da maioria dos aficionados por RPG.

A história de Sakaguchi que acabou virando uma lenda é bem conhecida. Ainda um estudante universitário ele trabalhava para uma empresa que desenvolvia software de vídeo-games, a Square. Sem nenhum êxito nos jogos que ele havia desenvolvido já se preparava para abandonar a empresa, mas antes resolveu trabalhar um ultimo projeto, sua ultima tentativa, por isso batizou o jogo como “Final Fantasy (fantasia final)”. O jogo rapidamente se transformou em um sucesso, que percorreu varias plataformas, desde o Famicom (Nes), Super Famicom (Snes), Playstation, Game Cube, PS2, PSP, DS e já aguarda sua versão para PS3 e X360.

 

Yoshiki Okamoto

Provavelmente você não conhece esse nome, mas com certeza você já se divertiu com um de seus jogos ou pelo menos já ouviu falar de seu maior sucesso, Street Fighter II.

E quem tenha mais de 15 anos e seja um adepto jogador de vídeo-games já perdeu alguns minutos de seu tempo se divertindo nesse jogo, que se tornou um marco na história do vídeo game e com certeza o mais famoso jogo de combate do mundo.

A carreira de Yoshiki Okamoto começou em 1982 desenhando na Konami, não como designer e sim como desenhista de logos e placas. Mais tarde ele teve a chance de mostrar sua capacidade, e passou a desenhar personagens e cenários para os jogos. Alguns anos depois, ainda na Konami, lançou Gyruss, um jogo de nave espacial, que atingiu uma marca boa. Assim, quando foi pedir promoção, foi despedido.

A única empresa que o contratou foi a Capcom. Lá, teve a chance de trabalhar em várias idéias. Pensando em seu próximo projeto deparou-se com Double Dragon II e gostou da idéia: um jogo de briga nas ruas.

A época coincidiu com sua promoção a produtor de jogos. Então, com uma equipe maior, criou a lenda Final Fight, que foi apresentado aos operadores como Street Fighter 89, uma continuação de um jogo de luta de sucesso mediano. Mas os operadores reclamaram que o jogo não tinha nada de Street Fighter e Okamoto teve de optar entre fazer Final Fight ou Street Fighter II. Bom a resposta é conhecida, dez meses depois do inicio do projeto foi lançado um dos maiores clássicos da história dos vídeo games.

 

Yuji Naka

Teve como primeiro trabalho um jogo chamado Girl´s Garden, onde você controlava uma menina que colhia uma flor no jardim para o namorado.

Seu primeiro grande trabalho foi para a plataforma Maga-Drive, o jogo Ghouls´n Ghosts, foi quando a Sega na expectativa de criar um mascote que ficasse tão marcado quanto o encanador Mario para Nintendo. Assim a Sega deu a Naka e ao designer Naoto Oshima essa missão, da união dos dois, surge a consagrada equipe que criou o famoso porco espinho que simbolizava a Sega na era 16 bits, Sonic the Hedgehog. 'Eu nunca imaginei que o personagem fosse durar tanto', revela o criador em uma de suas entrevistas.

Na Próxima geração a luta entre os mascotes foi em um novo campo de batalha, a era 3D lançava o representante da Nintendo, Mario e o mascote da Sony, Crash Bandicoot em 3 dimensões e Sonic foi deixado de lado pela Sega. Sendo relembrado novamente na atual geração.

Yuji Naka teve outra grande realização com Phantasy Star Online, o RPG que foi aclamado pela critica e arrastou os jogadores de vídeo a internet, também garantiu prêmios como o Game Developers Choice Awards.

 

Shigeru Miyamoto

É quase inacreditável que um dos maiores símbolos do vídeo game, que já se consagrou com varias séries animadas, histórias em quadrinhos e um filme, que veste uma roupa de encanador vermelha e tem no rosto uma simpatia tipicamente italiana tenha sido criada pelos geralmente fechados japoneses, pois sim, acredite. O homem por traz do simpático encanador Mario e seu irmão Luigi é Shigeru Myamoto.

Sua carreira teve inicio em 1977 quando foi contratado pela Nintendo. Foi criando jogos para árcade que ele fez surgir dois grandes personagens que ficariam marcados na história do vídeo game. Na primeira aparição de Mario (naquela época ainda conhecido como Jumpman) o bigodudo encanador tinha que salvar sua amada Pauline (Princesa Peach) enfrentando o terrível Donkey Kong.

Uma curiosidade sobre o Mario é que o nome foi dado ao personagem por causa de um zelador que trabalhava na Nintendo e que dizia-se muito parecido com o personagem. Quando Mario ganhou seu parceiro, o nome foi escolhido entre nomes comuns italianos, Luigi.

Shigeru Miyamoto ainda ficou marcado por outros personagens e jogos Zelda, F-Zero, Star Fox, e a impressionante franquia Zelda, com o simpático personagem Link. Hoje Miyamoto trabalha no desenvolvimento de softwares para o Nintendo Wii, e é considerado uma das pessoas mais simpáticas do mundo dos games.

 

 

Shinji Mikami

Foi contratado pela Capcom em 1990, para desenvolver jogos baseados em personagem da Disney. Trabalhou jogos conhecidíssimos para SNES como Alladin (1993) e o divertido Goof Troop (1994).

Após esses trabalhos, foi destacado para um desenvolver um jogo para Playstation, Resident Evil. O jogo inauguraria de maneira popular a série de jogos de mesmo estilo conhecidos como “horror games”.

O game que tinha visíveis influências de jogos como Alone in the Dark e Sweet Home, e foi lançado em 1996 alcançando um grande sucesso, gerando quinze seqüências para a franquia.

Apesar da grande repercussão, o título se modificou muito desde sua criação fazendo o próprio Mikami criticar a série em seu último episódio.

"Eu provavelmente não vou jogar isso (Resident Evil 5). Eu não gosto, porque não foi um jogo que eu fiz. Vai me estressar se eu jogar. Acho que pode ser divertido para os jogadores, mas não para alguém que criou a série 'Resident Evil'".

Além da série Resident Evil, Shinji Mikami assina jogos como Dino Crisis e The Devil May Cry.

 

John Carmack

Os fãs de FPS (sigla em ingles para First Person Shooter) devem agradecer a Jhon Carmack. Esse programador foi responsável pelo desenvolvimento da engine que fez rodar jogos como Wolfenstein 3D, Doom e Quake, e que baseou a de outros jogos importantes como Half-Life e Quack.

Hoje ele é engajado no apoio aos software open soucer. E considerado uma das pessoas mais influentes na área de tecnologia.

 

Alexey Pajitnov

Alexey Leonidovich Pajitnov esse é o complicado nome de um engenheiro de computação russo, principal desenvolvedor do tetris. Sim, aquele simpático e viciante jogo, onde o jogador deve encaixar os tetraminós de maneira perfeita, para marcar pontos e não ser eliminado do jogo. Em 2007 recebeu o prêmio First Penguin da Game Developers Choice Awards pelo pioneirismo no mercado de "jogos casuais"

O jogo Tetris teve muito sucesso nos computadores, mas também ajudou a impulsionar o console portátil da Nintendo o Game Boy, no seu inicio.

 

Nobuo Uematsu

Os fãs de filmes já devem ter ouvido falar em John Williams, o famoso compositor de trilhas sonoras para o cinema, tendo no seu currículo as trilhas sonoras de Jurassick Park, a saga Star Wars e Indidiana Jones, entre muitas outras. Pois bem, o Japão também tem um representante à altura. Nobuo Uematsu é considerado o gênio de trilha sonora para games.

Uematsu ficou realmente conhecido pela trilha sonora da franquia Final Fantasy, e outros RPG´s clássicos como Chrono Trigger.
Na olimpíada de 2004, em Atenas, a equipe americana de nado sincronizado fez sua apresentação embalada por uma composição de Nobuo.

 

+ MAIS

 

 
 

 

 

© Copyright - Kito Games®- Todos os direitos reservados. Todos os personagens citados pertencem a seus respectivos proprietários. Não é permitida de forma alguma cópia total ou parcial deste site incluindo todos os links aqui contidos.

www.000webhost.com